Notícias sobre banda larga no Brasil

2000 a 2005

  1. Uso de Banda larga cresce 66% no Brasil
  2. Receitas de serviços em banda larga vão quase triplicar em 2008
  3. Vendas de Modems ADSL duplicam no semestre
  4. Parks lucra com ADSL
  5. Abranet prepara contestação de decisão do Procon contra provedores de acesso
  6. Provedor é quem faz o acesso e não a operadora, diz Abdo
  7. Polêmica tem origem em definição de serviço de valor adicionado
  8. Anatel vê perigo da concentração nos serviços de Internet
  9. Banda larga vive ano promissor
  10. BrTelecom comemora 100 mil clientes ADSL
  11. Banda larga movimenta US$ 69 milhões no país
  12. Banda larga: estradas velozes para sua viagem à Internet
  13. Ibope eRatings mapeia uso da banda larga no Brasil
  14. Banda larga no Brasil movimentou US$ 69 mi em 2001
  15. Banda larga deve saltar 110% na AL este ano
  16. Telefônica/Telesp apresenta resultados do primeiro trimestre de 2002
  17. Brasil Telecom aposta no sistema de acesso rápido à Internet
  18. Banda larga corporativa: fundamental
  19. Banda larga no Brasil beira meio milhão de assinantes
  20. Banda Larga - Base Instalada Brasil
  21. Base instalada Speedy
  22. Base Instalada BR Turbo
  23. Base instalada Telemar
  24. Base instalada AJato
  25. Base instalada NET/Virtua
  26. Base instalada GVT
  27. Assinantes de banda larga chegarão a 46 milhões em 2003
  28. Broadband crescerá 10 vezes em 5 anos na AL
  29. Banda larga: 46 milhões de usuários no mundo
  30. Web brasileira bate recorde e soma 14 milhões de internautas
  31. Receitas de serviços de acesso à Web vão dobrar em 2006
  32. Receitas de serviços em banda larga vão quase triplicar em 2008
  33. Uso da banda larga dispara 252% no Brasil
  34. Banda larga deve saltar 110% na AL este ano
  35. Banda larga no Brasil movimentou US$ 69 mi em 2001
  36. Web veloz já é vital para empresas, diz estudo
  37. Brasil Telecom ultrapassa 10 mi clientes
  38. Banda larga deve deve crescer 565% na AL até 2007, diz estudo
  39. Vendas de acesso em banda larga crescem 30%, diz Terra
  40. Cresce o número de internautas com acesso rápido à internet
  41. Internauta quer banda larga, mas a preço baixo
  42. BrT investirá mais R$ 40 milhões em ADSL
  43. Mais de 20% dos internautas usaram banda larga em julho
  44. Banda larga em DSL cresce rápido no Brasil, diz pesquisa
  45. GVT reduz em 30% preço do acesso à internet em banda larga
  46. Brasil Telecom quer 1 milhão de assinantes de banda larga até 2004
  47. Pacto social nas telecomunicações
  48. Banda larga é prioridade na Brasil Telecom
  49. Telemar investe R$ 100 milhões em banda larga no próximo ano
  50. Redes de DSL somam 30,6 mi de usuários no mundo
  51. Abranet: regiões Sul e Norte têm mais provedores em 2002
  52. País tem 1.219 provedores de acesso à Internet
  53. Balanço 2001 - Anuário Telecom
  54. Telefônica estima fechar 2002 com 350 mil clientes de banda larga
  55. Com demanda, as operadoras não brincam em serviço
  56. Mais velocidade, conteúdo e negócios. A banda larga ganha espaço
  57. Equipamentos DSL devem movimentar US$ 2,8 bilhões em 2007
  58. Telemar quer aumento de 400% em sua base de usuários ADSL
  59. GVT dobra velocidade de acesso em banda larga
  60. GVT retoma promoção para acesso rápido
  61. 695 mil acessam banda larga no país,diz IDC
  62. Banda larga cresce 112% no Brasil em 2002 e fatura US$ 130 mi
  63. Brasil terá 61% dos usuários latino-americanos de ADSL em 2003
  64. Estrada sem limites - 17/04/2002
  65. Negócios em alta velocidade - 11/03/2002
  66. Banda Larga abre novas frentes - 30/12/2001
  67. Banda Larga sem fio - 12/11/2001
  68. Por trás da banda - 29/08/2001
  69. Banda Larga na América Latina - 20/06/2001
  70. Banda larga para linhas convencionais - 23/03/2001
  71. Banda larga cresce apesar da crise - 23/07/2002
  72. América Latina - DSL movimenta US$ 2,3 bilhões em 2007 - 17/03/2003
  73. Telexpo: Brasil Telecom quer 400 mil usuários de banda larga - 25/03/2003
  74. Brasil terá 1 milhão de usuários ADSL até o fim do ano 14/05/2003
  75. Telemar alcança 100 mil usuários de acesso rápido à internet - 18/08/2003 19h28
  76. Preço da banda larga deve cair até o fim de 2004, diz Brasil Telecom - 19/08/2003 13h41
  77. O Império do DSL - 07/07/2003
  78. Provedores de banda larga acirram disputa de mercado - Computerworld - 22/07
  79. ADSL triunfa na banda larga - JB Online - 28/09
  80. GVT AMPLIA OFERTA DE ADSL COM OPÇÃO DE IP FIXO - 21/7/2003
  81. Operadoras apostam em rede local sem fio - O Estado de São Paulo - 25/08/2003
  82. Speedy: novos serviços e pacotes  - TelecomWEB - 15/09/2003
  83. Ajato vai ter versão MMDS portátil - Infoexame - 07/10/2003
  84. Serviço de banda larga com FUST será licitado em março de 2004 - 8/10/2003
  85. Internet com limitação de tráfego (Teleco 13/10)
  86. Brasil fatura R$ 23 mi com equipamentos de redes sem fio em 2002 - Folha - 16/10/2003
  87. Banda larga em jogo -TelecomWEB - 23/10/2003
  88. Receita da Telefônica subiu 17,3% de janeiro a setembro - IDG Now - 3/11/2003
  89. Segurança em WI-FI: com a porta escancarada não! - World Telecom - 10/11/2003
  90. Cresce interesse por internet sem fio nas residências - World Telecom - 20/11/2003
  91. Serviços de banda larga impulsionarão telefonia fixa TelecomWEB 02/12/2003
  92. Embratel faz planos para banda larga via Vésper Plantão info / E-Business 03/12/2003
  93. Vésper pode investir até US$35 mi para ampliar banda larga Reuters 03/12/2003
  94. Embratel quer Vésper lucrativa em seis meses TelecomWEB 03/12/2003
  95. Anatel pode ter novo presidente World Telecom 04/12/2003
  96. Ajato é o campeão da banda larga  Plantão info 04/12/2003
  97. Aperto traz última milha sem fio ao Brasil Agência Estado 08/12/2003
  98. Banda larga pode dobrar no país em 2004 TelecomWEB 16/12/2003
  99. NET lança banda larga para pequenas e médias - TelecomWEB - 18/12/2003
  100. Telefônica: ano foi da banda larga  Plantão Info 18/12/2003
  101. Vex fecha o ano com 100 hotspots no país Plantão Info 22/12/2003
  102. Pesquisa aponta 100 milhões de usuários de banda larga em 2003 TelecomWEB 07/01/2004
  103. 2004: a 'Corrida do Ouro' do Wireless IDG Now 14/01/2004
  104. Banda larga cresce 57% no Brasil IDG Now 14/01/2004
  105. Banda larga tem 1,1 milhão de assinantes no BR Info Exame 14/01/2004
  106. IDC aposta no crescimento de Internet rápida B2B Magazine 14/01/2004
  107. Cerca de 40% dos internautas nos EUA usam banda larga Folha Online 20/01/2004
  108. Intelig também apela a provedor de acesso à internet World Telecom 27/01/2004
  109. Telefônica testa Speedy Wi-Fi em 50 pontos de SP IDG Now 10/02/2004
  110. Telefônica registra maior lucro do setor World Telecom 17/02/2004
  111. Ajato cresceu 40% em assinantes em 2003 Plantão Info 18/02/2004
  112. Inclusão digital JÁ... e com tecnologia sem fio AliceRamos 01/03/2004
  113. Brasil tem 1,1 milhão de usuários de banda larga IDG NOW 15/03/2004
  114. Wireless LAN (WLAN) no Brasil  AliceRamos 29/03/2004
  115. Banco Santos aposta fichas em Wi Max IDG Now 07/04/2004
  116. WiMax integra velocidade à tecnologia sem fio IDG Now 13/04/2004
  117. Um em seis internautas dos EUA usa Web sem fio Reuters 13/04/2004
  118. Uso de conexões sem-fio à internet cresce Folha Online 13/04/2004
  119. Internet banda larga: um dia você vai ter Diário do Comércio 16/04/2004
  120. Ajato tem aumento de 39% em assinaturas no 1º trimestre IDG Now 06/05/2004
  121. Banda larga promete ascensão nos próximos meses TelecomWEB 10/05/2004
  122. Banda larga conquista internautas domiciliares IBOPE NetRatings 14/05/2004
  123. Internet Rápida para (quase) todos Revista Amanhã 28/05/2004
  124. Uso da voz na rede de dados vira tendência Gazeta Mercantil 03/06/2004
  125. Acesso banda larga no Brasil cresce 173% em apenas seis meses UOL Mundo Digital 11/06/2004
  126. Acesso domiciliar à internet mantém queda no mês de maio, diz Ibope Ultimo Segundo 21/06/2004
  127. Redes de acesso à web sem fio são fato irreversível, diz consultor Ultimo Segundo 21/06/2004
  128. Banda larga pode chegar aos 325 milhões de usuários em 2008 TelecomWEB 06/07/2004
  129. Enquete: Internauta acessa a web por ADSL IDG Now 13/07/2004
  130. Número de assinantes do Ajato cresce 46% IDG Now 15/07/2004
  131. Banda larga, pra quê? AOL Notícias 23/07/2004
  132. Preço de internet banda larga cai em todo mundo IDG Now 30/07/2004
  133. Abranet destaca iniciativas que serão discutidas com Agência TelecomWeb 02/08/2004
  134. Terra:1 milhão usando banda larga até final do ano Info OnLine 03/08/2004
  135. Conexões banda larga que vão transformar o mercado Web Insider 04/08/2004
  136. Telefonia pela internet cresce e ameaça hegemonia das operadoras Isto É Dinheiro 11/08/2004
  137. Banda larga dispensa provedor Folha de Pernambuco 15/09/2004
  138. Acesso rápido cresce 6,3% no Brasil - IDG Now 19/08/2004
  139. Banda larga residencial cresce 66% até 2009 - IDG Now 08/09/2004
    Curiosidade: Veja o título da Notícia 1, no alto dessa página...
  140. Brasil tem 1,68 mi usuários de banda larga - IDG Now! 20/09/2004
  141. Crescem usuários de banda larga no país - Info OnLine 33/09/2004
  142. Banda larga: DSL é tecnologia mais utilizada <- IDG Now! 23/09/2004
  143. 63% dos assinantes de banda larga usam DSL - RNT 23/09/2004
  144. Brasil só navega menos do que o Japão- IDG Now! 27/09/2004
  145. Banda larga está em 24% das pequenas e médias - IDG Now! 27/09/2004
  146. Uso da internet no país cresce 24,1% em um ano, diz Ibope Info OnLine 27/09/2004
  147. Telefônicas estão prontas para explosão de banda larga Reuters 25/10/2004
  148. Telefônica investe na banda larga para futuro saudável UOL 28/10/2004
  149. Telefônica investe na banda larga para "futuro saudável Invertia 28/10/2004
    (mesmo título, outro texto)
  150. Telefônica eleva largura de banda de seus clientes sem custo Valor Econômico 28/10/2004
  151. Telefonia IP cresce 44% na América Latina IDG Now! 04/11/2004
  152. Internet é parte do dia-a-dia de 54% das micro e pequenas empresas IT WEB 04/11/2004
  153. Usuários do Vírtua crescem 109% no 3º tri IDG Now! 10/11/2004
  154. Município do Maranhão recebe projeto-piloto de PLC TelecomWEB 12/11/2004
  155. Intel e LG fazem acordo para internet sem fio IDG Now 16/11/2004
  156. Assinantes de banda larga chegam a 128 milhões no mundo IT WEB 13/12/2004
  157. DSL tem 85,3 milhões de usuários no mundo IDG Now 17/12/2004
  158. Assinantes do Ajato crescem 71% em 2004 IDG Now 18/01/2005
  159. Banda larga responde por 69% das compras na web Folha Online 20/01/2005
  160. Mais de meio milhão de usuários Velox Portal Telemar 04/02/2005
  161. Turbo fecha 2004 com 535,5 mil usuários ADSL IDG Now 04/02/2005
  162. Banda larga cresce 84% em 2005 IDG Now 16/02/2005
  163. Telefônica testa tarifa única para a internet  Info OnLine 16/02/2004
  164. Telefônica terá tarifa fixa para web discada IDG Now 16/02/2005
  165. Banda larga sem fio atinge 3% dos usuários IDG Now 17/02/2005
  166. Diretor da ABUSAR vence Telefônica na Justiça Plantão Info 18/02/2005
  167. Speedy ultrapassa 800 mil assinantes  IDG Now 21/02/2005
  168. Supremo Tribunal Federal "puxa o tapete" da Telefonica Relatório Alfa 22/02/2005
  169. Ibope: 5,3 mi usam banda larga em casa IDG Now 23/02/2005
  170. Speedy fechou 2004 com 826,4 mil usuários Plantão Info 25/02/2005
  171. Monopólio da Telemar por um fio Folha de Pernambuco 28/03/2005
  172. Banda larga via cabo cresceu 81% em 2004, diz ABTA Info Online 28/04/2005
  173. Base de assinantes de TV por Assinatura cresce 6% e Banda Larga 81% em 2004 ABTA 02/05/2005
  174. Vírtua atinge 217,3 mil usuários IDG Now 03/05/2005
  175. Banda larga soma US$ 884 milhões no Brasil IDG Now 10/05/2005
  176. Mercado de banda larga no Brasil deve chegar a US$ 2,7 bi em 2010 Folha SP 10/05/2005
  177. Banda larga movimenta US$ 884 milhões no Brasil Plantão Info 10/05/2005
  178. Banda larga tem 118 milhões de usuários IDG Now 25/05/2005
  179. Telefonica oferece acesso discado por preço único Plantão Info 25/05/2005
  180. Cresce uso da internet como fonte de informação, diz IBGE Folha Online 24/06/2005
  181. Telefônica tem 1 milhão de clientes banda larga IDG Now 06/07/2005
  182. Banda larga é usada por 55% dos internautas IDG Now 22/07/2005
  183. Entrevista ALEXANDRE MAGALHÃES Ibope/NetRatings Invest News 05/08/2005
  184. Banda larga via satélite para usuário final é viável Computerworld 19/10/2005
  185. Cerca de 1 bilhão de pessoas têm acesso à internet INFO Online - Plantão Info - 09/12/2005
  186. Banda larga já chega a 1 bilhão de pessoas INFO Online - Plantão Info - 09/12/2005
  187. Tarifa flat e banda larga são opções ao dial-up IDG Now 12/12/2005
  188. Uso da internet residencial cresce 10% no Brasil INFO Online - Plantão Info - 13/12/2005
  189. Acesso discado ficará 150% mais caro Tribuna de Santos - 13/12/2005
  190. Usuários de banda larga DSL serão 140 mi em 2005 Reuters 20/12/2005
  191. Banda larga já atende 125 milhões em todo o mundo INFO Online - 20/12/2005
  192. Franceses poderão alugar e assistir filmes com banda larga Reuters 21/12/2005

Total de internautas no País é 15% maior, diz IBOPE/NetRatings
Tatiana Schnoor - 21/11/2006 - 16:49
São Paulo, 21 de novembro de 2006

A partir do segundo semestre do ano que vem, o Ibope//NetRatings começará a medir o perfil do internauta nas empresas, segundo Fábia Juliasz, CEO do IBOPE//NetRatings e diretora de negócios do IBOPE Media Information, durante evento da IAB (Interactive Advertising Bureau Brasil). 

Para ela, o número total de usuários no País é 15% superior ao atual, que é de 32,5 milhões, em função das pessoas que navegam apenas no trabalho. 

Desta forma, o número total de usuários de Web no País pode chegar a 37,3 milhões. 

Conhecemos o perfil do internauta residencial, mas não o do corporativo. Ainda não há dados concretos, mas acreditamos que a navegação do internauta do trabalho é mais direcionada e restrita. Como ele não tem muito tempo para navegar livremente, ele olha menos sites, mas vão diretamente ao que interessa a eles", afirma Fabia.

Atualmente, o IBOPE//NetRatings mede o acesso, horas de navegação entre outros aspectos de 5 mil internautas residenciais em todo País. Mas, até então, não havia medido o corporativo. A notícia foi comemorada entre os integrantes do IAB Brasil, que tem mais de 60 empresas associadas e o objetivo de aumentar a participação da mídia interativa. Para Osvaldo Barbosa de Oliveira, os dados do IBOPE Net//Ratings ajudarão o mercado promover o uso dos meios interativos para ações de comunicação e marketing .

De acordo com pesquisa divulgada pela IAB, a Internet é a segunda maior mídia de massa nacional depois da TV aberta. De acordo com os números, a TV a cabo tem 13 milhões de telespectadores; os jornais, em geral, tem uma circulação de 3,1 milhões e as revistas, circulação de 13 milhões. Já o alcance dos maiores portais está entre 50% e 80% dos usuários da Internet no Brasil, que é de 32,5 milhões.


Banda larga: Brasil tem 3,45 milhões de conexões
  Número significa uma taxa de penetração de 1,9% de sua população brasileira, maior do que o México, mas menor do que Argentina e Chile na AL. [16/02/2006 10:55]

Brasil digital: confira os números da internet nacional


Internauta quer banda larga, mas a preço baixo

Preços que os consumidores estão dispostos a pagar ainda estão longe dos valores cobrados pelos provedores

São Paulo - O índice de internautas interessados em adquirir um acesso em banda larga é alto, mas os preços que esses consumidores estão dispostos a pagar ainda estão longe dos valores cobrados pelos provedores. A constatação é da empresa de marketing online e-bit na última edição da pesquisa Web Shoppers.

O levantamento indicou que 53% dos internautas que possuem acesso discado estão dispostos a adquirir serviços em banda larga nos próximos seis meses. 
Apesar da intenção, 71% deles gostariam de adquirir um serviço que custasse até R$ 50,00, enquanto 19% estariam dispostos a pagar entre R$ 50,00 e R$ 70,00.
Os valores sugeridos pelos internautas indicam que eles terão que se contentar com velocidades mais baixas. Na cidade de São Paulo, por exemplo, os acessos mais baratos giram em torno de R$ 65, incluindo o provedor, mas com velocidade de 128 kilobits por segundo. Para velocidades mais elevadas, como 256 kbps, os preços oscilam próximos a R$ 60, sem o provedor.
A pesquisa com os web-consumidores apontou que 80% acessam a internet em casa. 
Quanto à conexão, 42% utilizam linha discada. 
Dentre os usuários de serviços de banda larga, 16% utilizam o Speedy, 4% o Vírtua e 3% o Ajato.


Banda Larga - Base Instalada Brasil

Segundo a revista RTI Redes, Telecom e Instalações, até 2003 o país terá cerca de dois milhões de acessos ADSL instalados. Hoje, apenas a Brasil Telecom, Telemar e Telefônica oferecem juntas cerca de 380 mil acessos.
Os cabos coaxiais chegam a 6,5 milhões de domicílios brasileiros. São 3,5 milhões de assinantes de TV a cabo, e 89 mil acessos de banda larga disponibilizados via cable modem.

Base instalada Speedy

Previsão de instalação : Ampliar base instalada em 50% em 2003, ultrapassando 500.000 usuários 

Base de clientes do Speedy obtém crescimento sobre 2001, de 181,6%

TELETIME News - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - 29/07/2002 - 20h35

Entretanto, o relatório do banco destaca que o serviço ADSL da operadora (Speedy) chegou a 282 mil usuários (2,3% do total de linhas em serviço), crescimento de 42% em relação ao primeiro trimestre deste ano.

TELETIME News - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - 24/07/2002 - 20h41

O número de assinantes de ADSL, de banda larga, subiu para 282,26 mil, ante os 215 mil do primeiro trimestre de 2002. 

Segundo a revista Link de Junho de 2002. ano 6 nº 76, pág. 23

Acessos ADSL instalados (Speedy) : 260 mil; entre 10 e 20% são do programa Speedy Business. Provedores de acesso encomendam 30 mil novos acesso Speedy por mês.

Base Instalada BR Telecom

Preço da banda larga deve cair até o fim de 2004, diz Brasil Telecom - 19/08/2003 - 13h41

Previsão de instalação de 30.000 novos acessos mensais, fechando 2002 com 220 mil acessos ADSL instalados

Em comunicado divulgado na noite de sexta-feira, a empresa informou ainda que o número de acessos rápidos para Internet em linhas digitais, o ADSL, cresceu 64 por cento. O total de ADSL instalados passou de 54,8 mil no primeiro trimestre para 89,8 mil ao final de junho. As vendas cresceram 56 por cento, para 101,5 mil acessos. Em setembro, eram 118,3 mil acessos comercializados.

Sexta-feira, 26 de julho de 2002 - 19h28

Fonte: Plantão Info http://www2.uol.com.br/info/aberto/infonews/072002/26072002-21.shl

O provedor tem 40 mil usuários e está dobrando a base de clientes a cada 45 dias desde que foi criado, em dezembro de 2001. A Brasil Telecom, operadora de telefonia fixa da região centro-sul do país, alcançou em junho a marca de 100 mil acessos por /linhas digitalizadas, o chamado ADSL.

Fonte: Plantão Info http://www2.uol.com.br/info/aberto/infonews/072002/11072002-1.shl

Base instalada Telemar

Velox ultrapassa marca de 300 mil clientes  
Segunda-feira, 26 de Abril de 2004 - 16h42
IDG Now!

Telemar alcança 100 mil usuários de acesso rápido à internet - 18/08/2003 - 19h28

http://www.teleco.com.br/telemar_1t03.asp

Dados Operacionais

1T03

4T02

1T02

Linhas Fixas Instaladas - LI (milhares)

17.471

17.520

17.721

Linhas Fixas em Serviço - LES (milhares)*

15.005

15.141

14.803

Taxa de Utilização

85,9%

86,4%

83,5%

Grau de Digitalização

98,6%

98,5%

97,4%

ADSL em Serviço (milhares)

58.950

49.926

13.657

Número de Empregados**

90348

9.441

11.889

http://oglobo.globo.com/oglobo/colunas/novaeco.htm 11/02/2003

A Telemar fechou 2002 com 130 mil clientes de banda larga.  
Seu serviço Velox, que usa o ADSL, chegou a dezembro com 50 mil clientes, contra dez mil no mesmo período de 2001. 
O pessoal parece bem satisfeito por lá — ao contrário, me parece, de um bom número de assinantes do sistema. 
O que a gente aqui recebe de reclamação a respeito — e não só da Telemar — mostra que o mercado só vai crescer mesmo quando os serviços estiverem à altura das exigências do usuário, esse eterno sofredor.

Será mesmo este o ano da explosão da banda larga? Ao menos, é por isso que as operadoras estão torcendo, em todo o mundo. Difícil saber se vai dar certo, mas os analistas — sempre eles — estão fazendo seu comercial.

O Yankee Group, por exemplo, divulgou ontem: prevê que os brasileiros serão 61% dos assinantes de ADSL da América Latina até dezembro. A região deve fechar o ano com 1,2 milhão de usuários desse tipo de acesso de banda larga. Dando certo, será um crescimento de 60% em relação ao ano passado, movimentando cerca de US$ 500 milhões ao longo de 2003.

— A ADSL vai ser predominante na América Latina, considerando-se a situação financeira mais saudável e a larga cobertura oferecida pelas operadoras de telefonia — disse Adriana Menezes, executiva do Yankee Group para a América Latina, ao Yahoo! Finance.

Previsão de instalação de 10.000 novos acessos mensais 

Com demanda, as operadoras não brincam em serviço - Documento - Dezembro 2002- www.revistatelecom.com.br

A estratégia da Telemar é a de prover serviços Internet, como um todo, com um portfolio mais amplo, baseado na conectividade. O xDSL faz parte dessa oferta, e está sendo oferecido para o mercado residencial, que responde por 70% de sua base de clientes, como para o empresarial, que fica com os 30% restantes.

Mas a sua base de acessos ADSL ainda é pequena, comparada às das outras concessionárias locais: atingia, em novembro, cerca de 40 mil acessos em serviço."Esse mercado tem uma demanda crescente, que deverá se manter em 2003, e, por enquanto, nosso ritmo é de 10 mil instalações mensais", comenta João de Deus, diretor de projetos empresariais.

E a Telemar aumenta sua oferta - Resumo - Outubro 2002- www.revistatelecom.com.br

A exemplo da Brasil Telecom e da Telefonica, a Telemar também dirige seu foco para o serviço de acesso à Internet de banda larga. A concessionária da região I contratou recentemente mais de 100 mil portas ADSL da Alcatel, que venceu a licitação disputada por  cerca de 20 players. E já está promovendo uma nova licitação, da qual estão participando os principais fornecedores do mercado, para contratar, até o final do ano, mais 120 mil portas para implementar no início do ano que vem. O Velox, seu produto de acesso à Internet de banda larga, tinha, no início deste semestre, cerca de 18 mil acessos em serviço, mas a meta da operadora é instalar uma média de 10 mil novos acessos por mês.

Base instalada GVT

Em novembro, tinha 4.000 acessos instalados, previsão de instalação 2002 com 5 mil, e até março de 2003 ter 10 mil acessos

GVT AMPLIA OFERTA DE ADSL COM OPÇÃO DE IP FIXO - 21/7/2003 - 16:05

GVT dobra velocidade de acesso em banda larga
Segunda-feira, 9 de Dezembro de 2002 - 17h02
IDG Now! André Borges http://idgnow.terra.com.br/idgnow/internet/2002/12/0028

A partir desta semana, o Turbonet, serviço de banda larga da GVT também está disponível a velocidades de acesso de 512 Kilobits por segundo (Kbps) e 1 Megabit por segundo.
Além de oferecer o dobro da velocidade que os assinantes possuem atualmente, durante três meses, as novas opções do acesso via Assymetric Digital Subscriber Line (ADSL) excluem o pagamento de habilitação do serviço, que hoje sai por R$ 50,00.
O valor da mensalidade do Turbonet, a 256 Kbps, é de R$ 69,90. Para o acesso a 512 Kbps, o preço é de R$ 94,90 por mês e para 1Mbps, o valor é de R$ 164,90. Até então, os serviços de banda larga oferecidos pela GVT só tinham velocidade de 256 Kbps.
O produto está disponível para as cidades de Curitiba, Brasília, Goiânia, Porto Alegre, Maringá, Londrina, Florianópolis, Joinville, Cuiabá, Caxias do Sul e Gravataí.
Para a habilitação do Turbonet, o usuário precisa adquirir um dos cinco modelos de modems compatíveis - Speed Touch Pro Alcatel, ECI USB, 3COM OfficeConnect Remote 812 ADS Router, Parks Prestige 642R, 642RI, 642M e 645R, e TTSI M702 Plus.
Atualmente o Turbonet soma quatro mil clientes e pretende chegar a cinco mil até o final do ano, gerando uma base de dez mil usuários para a GVT, até março de 2003. Segundo Rodrigo Dienstmann, diretor de marketing da empresa, as novas velocidades devem ser responsáveis por 10% das vendas do Turbonet.
A expectativa é expandir a oferta de serviços para pequenas e médias empresas. "Hoje, temos uma base com 40% de usuários finais e 60% de clientes corporativos", comenta Dienstmann.

Base instalada AJato

Ajato vai ter versão MMDS portátil

Base de assinantes do Ajato cresce 39% Quinta-feira, 08 de agosto de 2002

Fonte: Plantão Info http://www2.uol.com.br/info/aberto/infonews/082002/08082002-20.shl

SÃO PAULO - Nos últimos doze meses, o número de assinantes da internet banda larga da TVA subiu de 8 600 para 12 mil, o que representa um crescimento de 39% - e a expectativa da empresa é fechar o ano com de 16 a 17 mil pessoas conectadas à web veloz por meio de sua infra-estrutura.

Como provedor de conteúdo, o Ajato (que é oferecido não apenas aos assinantes da TVA, mas também aos do Speedy, Virtua, Canbrás e Speedy) cresceu cerca de 23% no período, pulando para 12,5 mil assinantes. Todos os números representam os usuários domésticos - como assinantes corporativos, o provedor atende hoje 750 empresas de diversos portes. Eram 450 no começo deste ano e, segundo a TVA, serão 960 no final de 2002, um crescimento de quase 100%.

Mais da metade dos usuários da TVA optam pelo pacote de 256/256 kbps, segundo Lucca. O executivo também conta que eles passam, em média, entre quatro e seis horas conectados por dia, e o pico de acesso é às 10 da noite - "e não mais de madrugada, como na época do acesso discado", declarou.

De acordo com Amilton de Lucca, diretor de internet e telecom da TVA, a empresa está otimista porque o crescimento tem se mostrado maior do mês de março para cá. A empresa bate na tecla do preço, com pacotes por a partir de 73 reais (aluguel do modem incluído) para conquistar usuários e perder a diferença de mercado com o ADSL (preferência nacional por causa da penetração do telefone, milhares de vezes superior à da tevê a cabo).

Mas outras estratégias para ganhar mercado devem ser anunciadas nos próximos meses, tanto em conteúdo quanto em infra-estrutura: a TVA já pediu à Anatel licença para atuar como SCM (Serviço de Comunicação de Multimídia) que a permitirá oferecer um pacote de serviço único, como era antes, e não mais separá-lo em infra-estrutura física e provedor de acesso.

Assinantes - http://www.estadao.com.br/tecnologia/telecom/2002/ago/22/124.htm

A TVA encerrou o primeiro semestre com 28 mil assinantes residenciais no serviço de acesso à Internet em alta velocidade. O número aponta crescimento de 40% em relação aos 20 mil usuários domésticos do final do ano passado, segundo Lucca.

No segmento corporativo, eram 800 clientes ao final do semestre. À primeira vista, o número aponta queda em relação aos 932 usuários do balanço de dezembro do ano passado, mas o executivo explica que a empresa mudou a metodologia de consolidação. "Pelo método anterior, teríamos algo em torno de 1,4 mil clientes corporativos", diz Lucca.

Segundo ele, até o início deste ano, a TVA computava o número de contas de forma que um único cliente que assinasse os serviços de acesso à Internet e de provedor, pelo Ajato, entrava no cálculo geral como dois assinantes. "Agora, consideramos este mesmo cliente como um só", justifica.

A meta da TVA é encerrar o ano com mil usuários corporativos na carteira de clientes, formada principalmente por empresas de pequeno e médio porte. "Calculamos que só na cidade de São Paulo existam 415 mil empresas de pequeno e médio porte, mas apenas 10% delas usam a Internet profissionalmente, o que dá nos dá um mercado potencial enorme", garante o diretor.

Para atrair esse cliente para sua base, a TVA promoveu em março uma redução média de 50% nos preços do serviço de acesso em banda larga para o mercado corporativo.

Banda larga impulsiona crescimento da TVA

http://www.itweb.com.br/hotsites/datacenter/artigo.asp?id=41566

-- 12/08/2003 --

A empresa registrou um aumento de 44% no número de usuários residenciais e
68% corporativos

A TVA anunciou seu desempenho no segmento de Internet de alta velocidade - o Ajato - relativo ao primeiro semestre de 2003. E a empresa tem motivos para comemorar, principalmente pelo crescimento da sua base de clientes, que aumentou 44% em usuários residenciais e 68% na área corporativa - comparando com o mesmo período do ano anterior - registrando um total de 33 mil assinaturas.
Nos próximos seis meses, a operadora espera manter a boa atuação no mercado. A expectativa para o segundo semestre é
ampliar em 90% o número de clientes do Ajato. A companhia também tem como meta aumentar sua atuação junto às empresas de telecomunicação e provedores de conteúdo, compartilhando sua infra-estrutura.

Base instalada NET / Virtua

Net declara 63,5 mil usuários do Vírtua - Sexta-feira, 08 de agosto de 2003 - 15h03

Fonte: Plantão Info http://infoexame.abril.uol.com.br/aberto/infonews/082003/08082003-6.shl

BrT investirá mais R$ 40 milhões em ADSL
12/08/2002, 12h17
O conselho de administração da Brasil Telecom S.A. (BrT) aprovou na semana passada um investimento adicional de R$ 40 milhões em ADSL para este ano. Com isso, a empresa reformulou sua expectativa de crescimento de número de assinantes do serviço de banda larga em 2002. Até então, a estimativa era de que a operadora fecharia o ano com 140 mil acessos. “Agora, esperamos atingir este número em setembro. Para o fim do ano, deveremos alcançar 220 mil assinantes”, afirmou Carla Cico, presidente da Brasil Telecom, durante teleconferência internacional com analistas de mercado, realizada nesta segunda, 12. A empresa fechou o segundo trimestre com 101,5 mil acessos de ADSL. Da Redação - TELETIME News

Balanço - 09/08/2002, 19h29
Lucro da Brasil Telecom Participações cresceu 72,4% no trimestre
A empresa destacou em seu balanço o crescimento dos acessos ADSL, que saltaram 55,9% em relação ao primeiro trimestre, alcançando 101,5 mil.

TELETIME News <teletime@teletime.com.br> - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - 09/08/2002 - 19h46

Vendas de acesso em banda larga crescem 30%, diz Terra - Valor Online

SÃO PAULO - O provedor de acesso Terra, do grupo Telefônica, informou nesta quinta-feira que suas vendas de internet em banda larga cresceram 30% na região da Brasil Telecom, de março para cá, desde que a operadora acertou com a U.S. Robotics parceria que transfere aos provedores a venda dos modems diretamente ao usuário.

Segundo Fernando Madeira, diretor de acesso do Terra, vender num mesmo kit o serviço de acesso, a linha ADSL da operadora e o modem, auto-instalável pelo próprio usuário, facilitou muito a disseminação da banda larga naquela área, que compreende as regiões Centro-Oeste e Sul do país.

O Terra tem, segundo ele, 180 mil assinantes de banda larga em todo o país, seja por linhas ADSL ou cabo, mais do que 40% do mercado, diz a companhia.


Banda larga corporativa: fundamental Por: Internet Business - 20/05/2002

Cresce o número de empresas convencidas de que usar a Internet de maneira convencional, via conexões dial-up, não é mais suficiente. O comentário é do E-Consulting® Corp, a propósito de pesquisa feita pelo Yankee Group com 550 empreendimentos de pequeno porte (www.e-consultingcorp.com.br).

O estudo “mostrou que 91% dos assinantes corporativos de banda larga (baseada na tecnologia DSL) acreditam que os benefícios da produtividade do serviço atingem, ou até superam, suas expectativas com relação à mensalidade da tecnologia”. Assim, 65% delas, se tivessem de realizar cortes no orçamento, só abririam mão da banda larga em último caso.

Para o E-Consulting, o acesso em alta velocidade é necessário, “principalmente pela sua alta capacidade de aumentar a produtividade e a vantagem competitiva, possibilitando às empresas atender seus clientes com mais eficiência. Entre as aplicações prioritárias às que usam a facilidade estão “as pesquisas online, o envio e recebimento de e-mails com grandes arquivos anexados, a compra de suprimentos pela rede e as reservas online de vôos.”

O E-Consulting cita outra pesquisa, da Point Topic, focada na análise do uso de banda larga, que revela: “o acesso à Internet por meio de tecnologia DSL triplicou em todo o mundo, passando de 6,5 milhões de usuários em 2000 para 19 milhões em 2001.” Para o E-Consulting, “o crescimento e desenvolvimento das tecnologias de banda larga irão gerar experiências online cada vez mais interativas, impactando diretamente os negócios de streaming media, E-Commerce e conteúdo.

E esse crescimento será sentido também no Brasil. As operadoras regionais Brasil Telecom e Telefónica aumentaram sua base de assinantes DSL de menos de 20 mil linhas em 200 para 233 mil no final de 2001.”

Telefônica/Telesp apresenta resultados do primeiro trimestre de 2002  Fonte: Balanço Telefonica

     O número de clientes do Speedy subiu para 215.671 em 31 de março de 2002, um incremento de 252,4% em relação aos 61.203 usuários registrados ao final de março do ano passado. Já a utilização dos serviços da Linha Inteligente, com facilidades como Transferência de Chamada, Conversação a Três, Identificação de Chamadas, entre outros, chegou ao final de março deste ano com 4,5 milhões de clientes.

BrTelecom comemora 100 mil clientes ADSL -- 24/6/2002 -- http://www.telecomweb.com.br/noticias/artigo.asp?xy=codigo&id=25812

Até 2003, a intenção da operadora é alcançar os 500 mil acessos em banda larga, residenciais e corporativos

Ao comemorar a marca de 100 mil acessos ADSL comercializados, a Brasil Telecom se coloca como a segunda maior operadora de banda larga da América Latina. Os números são relativos ao Internet Turbo, que envolvem serviços de banda larga para usuários residenciais e corporativos.

Apesar do volume já expressivo de usuários ADSL - para um mercado ainda tímido no país -, a telco quer dobrar o volume de assinantes até o final deste ano, com a audaciosa meta de liderar o setor em 2003, quando projeta concentrar 50% do mercado brasileiro, com 500 mil acessos.

Atualmente, os produtos e serviços de Web da Brasil Telecom são administrados pela subsidiária BrT Serviços de Internet. Esta última mantém o portal em banda larga BrTurbo, que inclui conteúdos em vídeo, jogos, e-mail gratuito e armazenamento em disco. No caso de profissionais autônomos, a carrier mantém uma unidade batizada de BRTData e que oferece serviços de correio eletrônico ilimitados e espaço em disco para hospedagem de Web site.

Segundo o IDC, com 95% de usuários residenciais, o mercado brasileiro de conexão em alta velocidade - com 69% de assinantes de ADSL - movimentou US$ 69 milhões no ano passado e a expectativa é que esse número aumente em 900% até 2005, alcançando US$ 690 milhões.

Banda larga vive ano promissor -- 19/2/2002 -- 
http://www.telecomweb.com.br/noticias/artigo.asp?id=20880

Serviços prometem decolar em 2002, despertando a atenção das provedoras e movimentando o mercado de dados

Roberta Gonçalves é repórter de Telecom Negócios. E-mail: Roberta Gonçalves

O ano de 2002 é promissor na área de banda larga. Os estudos dos institutos de pesquisa são animadores e após se dedicar a cumprir metas ligadas a serviços de voz, as operadoras buscam potencializar o ganho com cada cliente, oferecendo recursos baseados, principalmente, em dados. "Antes a prioridade era atingir as metas. Agora todos os provedores estão correndo para oferecer acesso em alta velocidade", afirma Manuel Correia, diretor da área de telecom da KPMG Consulting.

De acordo com as previsões de institutos como o IDC e The Yankee Group, as prestadoras estão seguindo o caminho certo. Segundo o IDC, com 95% de usuários residenciais, o mercado brasileiro de acesso em alta velocidade movimentou US$ 69 milhões no ano passado e a expectativa é que esse número aumente em 900% em 2005, alcançando US$ 690 milhões. Além disso, em 2001, dos 300 mil usuários de banda larga, 69% utilizavam a tecnologia DSL, 28% cable modem e 2% conexão FWL (Fixed Wireless).

Os dados do Yankee Group também demonstram a importância do DSL. Um estudo do instituto aponta que no último ano o número de assinantes desse tipo de conexão na América Latina quadriplicou. A expectativa é que no próximo o número de assinantes desse serviço seja duplicado na região. "A tecnologia de DSL é a mais usada no mundo inteiro, abrangendo o mercado residencial e de pequenas e médias empresas", destaca Mauro Teixeira, diretor de produtos da Intelig. Porém, na opinião dele um dos problemas na expansão da banda larga é a questão do unbundling.

Anatel vê perigo da concentração nos serviços de Internet

http://200.157.161.15/teletime/News.asp?ID=35381

Terça-feira, 28 de Maio de 2002, 21h56

Os órgãos de defesa do consumidor, sobretudo os Procons, levantaram a bandeira de que, para quem tem banda larga, é desnecessário obrigar o cliente a contratar um provedor de acesso. Trata-se de uma tese que é informalmente fomentada pelas teles (que pretendem eliminar mais este custo aos seus usuários) mas muito perigosa, no entender da Anatel. Para o conselheiro Luiz Tito Cerasoli "há o risco de o usuário ficar na mão dos grandes grupos, porque logo eles vão concentrar todo o serviço, se esta tese prevalecer. Por ser serviço de valor adicionado, as teles não admitirão mais a interferência da agência e vão fazer o que quiser. Com isso, acabou a concorrência". Da Redação

Polêmica tem origem em definição de serviço de valor adicionado

http://200.157.161.15/teletime/News.asp?ID=35419

Quinta-feira, 23 de Maio de 2002, 20h27
A polêmica sobre o provimento de Internet de banda larga tem origem na norma 004, editada em 1995 pelo então Ministro das Comunicações Sérgio Motta, contendo as definições de Serviço de Valor Adicionado (SVA), que englobam o provimento à Internet, e a orientação geral sobre o uso da rede pública de telecomunicações para prover estes serviços. Estas definições foram incorporadas, dois anos depois, ao artigo 16 da Lei Geral de Telecomunicações, que deixa claro que a SVA não é um serviço entre aqueles a serem prestados pelas concessionárias de serviço telefônico fixo comutado (STFC). Finalmente, os contratos de concessão assinados na privatização do sistema nacional de telecomunicações, em agosto de 1998, estabelecem o caráter de exclusividade à telefonia fixa para as concessionárias deste serviço. A partir destas regras herdadas pela Anatel, portanto, uma operadora de telefonia não pode em tese oferecer provimento de acesso à Internet, devendo abrir sua rede para que outras empresas o façam. Da Redação

Provedor é quem faz o acesso e não a operadora, diz Abdo

http://200.157.161.15/teletime/News.asp?ID=35417

Quinta-feira, 23 de Maio de 2002, 20h27
O presidente da Abranet acredita que faltaram ao Procon, em sua avaliação, informações técnicas e jurídicas sobre a questão do provimento de acesso na banda larga. Segundo ele a posição do órgão é incorreta porque ao mesmo tempo em que desobriga o consumidor de contratar um provedor, quer obrigar as operadoras a fornecerem o serviço completo. Como ele explica, do ponto de vista técnico, as operadoras de telefonia fazem apenas a ligação da casa do usuário até o provedor de acesso, que é quem faz o roteamento do usuário para a Internet. E, no que se refere aos aspectos jurídicos, a Lei Geral de Telecomunicações proíbe a prestação de serviços de valor adicionado (SVA) por parte das operadoras. Da Redação

Abranet prepara contestação de decisão do Procon contra provedores de acesso

http://200.157.161.15/teletime/News.asp?ID=35416

Quinta-feira, 23 de Maio de 2002, 20h27
A decisão do Procon de São Paulo de defender os consumidores que questionarem a obrigatoriedade da contratação de um provedor de banda larga para ter acesso ao serviço será contestada pela Associação Brasileira dos Provedores de Internet (Abranet). Segundo seu presidente, Roque Abdo, a entidade está preparando pareceres técnico e jurídico para apresentar ao órgão de defesa do consumidor na tentativa de fazê-lo rever sua posição. A reunião entre Abranet e Procon deve ocorrer já no começo de junho, prevê Abdo. Da Redação

Parks lucra com ADSL

A Parks deve saltar de um faturamento de R$ 27,5 milhões reportado em 1999 para R$ 100 milhões este ano. Em meio à crise, a fabricante comemora o fato de as operadoras fixas locais se voltarem fortemente para a expansão da base de assinantes de banda larga, ou acessos Asymmetric Digital Subscriber Line (ADSL).

A Parks, sediada no RS, há 35 anos no mercado, produz toda a linha de xDSL. “Estamos vivendo uma situação oposta ao restante do mercado”, comemora o diretor comercial e de marketing da empresa, Vicente Pacheco. Até o momento, a projeção da Parks para este ano é vender 200 mil equipamentos ADSL. O número significa 60% da demanda prevista de 350 mil equipamentos para todo o País este ano.

Somente as quatro operadoras locais - Telefônica, Telemar, Brasil Telecom e CTBC Telecom, todas clientes da Parks - contabilizavam até abril mais de 300 mil acessos ADSL em operação

http://200.157.161.15/teletime/revista/45/neg_prod.htm

Receitas de serviços em banda larga vão quase triplicar em 2008

As receitas mundiais provenientes dos serviços de acesso à Web em banda larga conseguirão crescer mais de US$ 136 bilhões nos próximos seis anos, de acordo com um novo estudo da Pioneer Consulting. A companhia prevê que o total faturado deverá atingir US$ 229 bilhões em 2008, contra os US$ 93 bilhões em 2002. Paul Kellett, diretor senior da empresa, afirma que a demanda por acesso em banda larga é real, apesar da desaceleração da economia. O executivo acredita, no entanto, que apesar de todas as tecnologias disponíveis para o serviço, o sistema DSL (digital subscriber line) continuará sendo o líder do mercado. As outras tecnologias deverão conseguir uma popularidade maior nos próximos seis anos.  Petcom's News - Nº25 - Notícias sobre o mercado de telecomunicações www.petcom.com.br 

Vendas de Modems ADSL duplicam no semestre

A Parks, fabricante de equipamentos para transmissão de dados, anunciou que a demanda das operadoras por seus produtos, em especial modems ADSL, dobrou neste primeiro semestre, superando todas as expectativas da empresa. “É um ano de ouro e já pode ser considerado, no semestre, o melhor desempenho da empresa nos seus 36 anos de existência”, resume o diretor Comercial da Parks, Vicente Pacheco de Mello Filho. A expectativa da fabricante é vender neste primeiro semestre 40 mil unidades de ADSL e chegar ao fim deste ano com 200 mil unidades comercializadas. Pelos cálculos da Parks, isso representa 60% da demanda nacional para 2002, projetada em 350 mil unidades. A empresa estima que o mercado potencial para equipamentos ADSL no País soma 3 milhões de usuários finais e 3,6 milhões de usuários representados por pequenas e médias empresas.
Petcom's News - Nº25 - Notícias sobre o mercado de telecomunicações www.petcom.com.br 

Uso de Banda larga cresce 66% no Brasil

http://www.terra.com.br/cgi-bin/index_frame/informatica/2002/07/01/009.htm
www.jb.com.br/jb/online/internet/noticias/2002/06/29/onlintnot20020629002.html

Segunda, 01 de julho de 2002, 14h14

O número de usuários residenciais de banda larga cresceu 66% nos primeiros meses do ano. Uma pesquisa do Ibope revelou que 1,4 milhão de internautas acessaram a rede usando banda larga, contra 852 mil apurados em dezembro.

O barateamento do serviço e a instabilidade das conexões discadas são apontadas como os principais motivos do crescimento, segundo os analistas do instituto.

Fonte: JB Online

Abranet: regiões Sul e Norte têm mais provedores em 2002 http://globonews.globo.com/GloboNews/article/0,6993,A404965-19,00.html  
Quarta-feira, 02/10/2002 - 12h41m - GloboNews.com

RIO - O número de provedores nas regiões Norte e Sul do país aumentaram em 2002 e diminuiram nas demais, segundo uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira pela Associação Brasileira dos Provedores de Internet (Abranet). A região Sul foi a que apresentou maior índice de crescimento, 10%; seguida pelo Norte do Brasil com 1,7%, revelaram os dados.

Segundo comunicado distribuído para imprensa, no sul o aumento deveu-se à maior expansão na rede de telefonia e facilidades implantadas em cidades de menor porte. Já nas regiões mais distantes, como a Norte, as reações tecnológicas explicariam a adoção mais lenta que nas demais.

Nas regiões Centro-Oeste, Nordeste e Sudeste houve uma diminuição de 16,5%; 5%; e 3,5% respectivamente.

- A queda nestas localidades não representa uma retração no mercado, mas um ajuste natural, sem diminuição de usuários, já que empresas maiores adquiriram menores - comentou o diretor-presidente da Abranet, Roque Abdo.

A Abranet usou como principal fonte para o levantamento os guias de busca, além de confirmações em páginas da web.

País tem 1.219 provedores de acesso à Internet

http://idgnow.terra.com.br/idgnow/internet/2002/10/0004

Quarta-feira, 2 de Outubro de 2002 - 15h20

O Brasil tinha em operação 1.219 provedores de acesso à Internet durante o mês de agosto de 2002, 22 a menos que em julho de 2001. 

Os dados são parte de uma pesquisa feita pela Abranet (Associação Brasileira dos Provedores de Internet).

Segundo a pesquisa, a região Sul apresentou o maior índice de crescimento em relação ao ano anterior (10%), passando de 233 para 258 provedores. A região Norte aparece em seguida, com crescimento de 1,7% devido ao surgimento de apenas um provedor de acesso.

As demais regiões do País tiveram queda no número de provedores. O Centro-Oeste passou de 91 provedores para 76, o Nordeste caiu de 138 para 131 e o Sudeste, que concentra a maioria dos provedores, passou de 720 para 694 empresas.

Roque Abdo, diretor-presidente da Abranet, explica que a expansão na rede de telefonia justifica o crescimento no Sul. O aumento na região Norte seria, segundo Abdo, é resultado de maior expansão na infra-estrutura de comunicações. "A queda nas demais regiões não representa uma retração no mercado, mas um ajuste natural com redução de provedores sem diminuição de usuários", explica.