Home | @busar | FAQ | Notícias | Processos | Imprimir | CADASTRO | ATUALIZAÇÃO | PAGAMENTO | SEU IP : 54.162.166.214
ABUSAR e INTERNET 
Apresentação
Como se inscrever
Benefícios
Atualizar Cadastro
Teste de LOG OFF
Perguntas freqüentes
Links recomendados
Contatos
Custos

Biblioteca
Dados Internet Brasil 
Material de imprensa
Notícias: News Fórum
Notícias publicadas
Termos/Cond. de Uso
Circulares
Linha do Tempo

LEGISLAÇÃO
Justiça
Processos
Regulamentação Anatel
Documentos
Consulta Pública 417

TECNOLOGIA
Manuais
Modems - Configuração
Testes de Velocidade
Conexão/Traceroute
Autenticação
Tutoriais
Tecnologias
VoIP
Portas
Provedores
Antivirus
Hardware Cabos
Linux: dicas de uso
Redes privadas VPN
Softwares (download)
FTP Abusar Pitanga

SEÇÕES
AcesseRapido
ADSL
AJato
BRTelecom
Cabo
Humor
Neovia
Rádio
Sercomtel
StarOne
TV Digital
Velox
Vesper Giro
Virtua

Serviços GDH


Guia do Hardware

Fórum GDH

Serviços ModemClub

SpeedStat
Teste sua conexão
Mostra IP
Descubra seu IP e Host Name
Suporte ModemClub

Fórum Banda Larga

Clube das Redes
Clube do Hardware
ConexãoDLink
Fórum PCs
InfoHELP -
Fórum
Portal ADSL - Fórum
PCFórum
- Fórum
Tele 171

Fale com a ABUSAR
Escreva ao Webmaster
Material de imprensa

Copyleft © 2002 ABUSAR.org
Termos e Condições de Uso

Speakeasy Speed Test

WEBalizer

Webstats4U - Free web site statistics Personal homepage website counter


Locations of visitors to this page
 

Banda larga e provedores: isso tem jeito?
Red Troia Girl - redtroia@terra.com.br
Link Original - http://www.jornalopcao.com.br/index.asp?secao=Informática&subsecao=Suplementos&idjornal=77


Numa tentativa de ganhar uma fatia a mais no mercado de acesso à Internet, a Telefônica lançou sua conexão banda larga à 128kbps. A intenção é conquistar os usuários de acesso discado, que, por uma mensalidade mais suave, podem ficar livres dos pulsos telefônicos adicionais, ter a linha livre e conexão ativa 24 horas por dia. O novo modelo sai por 49 reais 90 centavos mensais, mas, claro, sem a assinatura do provedor incluso. Nessas, quem aderir vai ter que desembolsar cerca de 70 reais por mês, já que, para essa velocidade, existe a promoção de 19 reais 90 centavos em alguns provedores.

Por falar em provedor, o Terra Networks já acabou com a promoção de 19 reais 90 centavos por mês, criada na época em que o Speedy recebeu a versão de 300 kbps e quis deletar de vez a versão de 256 kbps. Agora, o valor mínimo mensal, sem suporte para as várias modalidades de acesso, passa a ser de 39 reais 80 centavos e, com suporte, a bagatela de 49 reais 80 centavos.

Coincidência ou não, os provedores, que na verdade não provêm acesso algum em banda larga, resolveram baixar as mensalidades a 19 reais 90 centavos para os usuários que aderissem ao novo modelo de 300 kbps, com franquia mensal de 3 GB para download, porém extensivo a outras modalidades de acesso.

Por outro lado, os usuários de 256 kbps que não aceitaram a mudança e a famigerada franquia tiveram aumento em suas mensalidades ao vencimento do contrato, chegando a pagar até 60 reais em alguns provedores que, na verdade, apenas fornecem serviços de e-mail e conteúdo.

E aí, chega o usuário Joaquim e pergunta: “Eu só queria entender a razão de um provedor de acesso em banda larga, que nem é o responsável pelo acesso do computador à Internet, precisar cobrar tanto assim e, acima de tudo, ser obrigatório”. Claro que não existe resposta alguma que seja lógica e satisfaça a curiosidade dele.

E, em meio a esse novelo de cabos, mais embolado do qualquer coisa, surge a GVT, fornecedora do TurboNet, acesso banda larga, pra dar de vez um nó na cabeça do mortal Joaquim. Ele descobre que a operadora oferece seus serviços de conexão rápida sem a exigência da contratação de um provedor. A opção fica por conta do cliente e nesse caso precisa pagar apenas 5 reais a mais na mensalidade. A empresa, que já oferecia essa vantagem para o setor corporativo, resolveu estendê-la aos usuários residenciais, que, claro, aplaudem agradecidos.

Enfim, a única revolta do Joaquim é o fato de que a GVT não opera onde ele mora. Mas mesmo assim ele fica feliz pela iniciativa e ainda sente esperança de que as demais operadoras sigam esse exemplo.

Conflitos nas trilhas

Dias depois, Joaquim chega todo indignado ao saber que a Associação Brasileira de Provedores de Acesso, Serviços e Informações da Rede Internet (Abranet) partiu em defesa de seus associados e questionou formalmente a Anatel sobre a oferta da GVT. Logo em seguida, acrescenta que a associação alegou o fortalecimento do monopólio das operadoras e citou a Lei Geral de Telecomunicações que separa os serviços de telecomunicações do chamado “valor adicionado”, que seria o terreno dos provedores.

A indignação maior do nosso amigo usuário foi causada pelas palavras do vice-presidente da Abranet, Eduardo Parajo. Em declaração através da assessoria de imprensa da associação, alegou que a entidade defende a concorrência e a oferta de bons preços aos usuários. E mais, que as teles têm de tomar conta das redes e parar de dizer que é o provedor que encarece o processo. Já para a realidade de usuários como Joaquim, pagar 70 reais pelo acesso e quase o mesmo valor por um provedor é mais do que encarecer, chega a ser um assalto à mão armada.

“Mas o que conta mesmo é a resposta da Anatel, de que as autorizadas do Serviço de Telefonia Fixo Comutado (STFC) também podem autenticar qualquer usuário de acesso à Internet”, comenta Joaquim.

Numa rápida pesquisa pela Rede, soubemos que a assessoria de imprensa da GVT se manifestou sobre o assunto, de forma impecável. De acordo com a empresa, a norma 004/97, do Ministério das Comunicações, que regulamenta a relação entre os provedores e as operadoras, permite a oferta do serviço de autenticação. E vai mais além, cita o item 5.7 da referida norma, que autoriza a operadora a ser um provedor.

Em resposta à Abranet, a GVT afirma que não se trata de monopólio e sim de uma opção a mais para seus usuários, que poderão escolher qual provedor contratar para serviços de conteúdo e serviços de e-mail.

Como não poderia deixar de ser, lá vem mais uma dúvida: “Se é assim, por que as demais operadoras também não abrem mão da obrigatoriedade e da venda-casada com um provedor?”.

Para a infelicidade de Joaquim, o Turbonet ainda está disponível apenas nas cidades de Curitiba, Brasília, Porto Alegre, Goiânia, Maringá, Londrina, Florianópolis, Joinville, Cuiabá, Caxias do Sul, Gravataí e Novo Hamburgo.

Google

Digite os termos da sua pesquisa
   
Enviar formulário de pesquisa 

Web www.abusar.org
KoriskoAnim.gif

Internet Segura

Teste a qualidade de sua conexão Internet

abusarXspeedy.jpg (29296 bytes)

AGE - OSCIP

Limite de Download

DICAS

Você pode ser colaborador da ABUSAR
Envie seu artigo, que estudaremos sua publicação, com os devidos créditos !

Compartilhamento de Conexão

Alteração de Velocidade

Mudança de Endereço mantendo o Speedy Antigo

Cancelando o Speedy

Comparação entre Serviços de Banda Larga

Qual a melhor tecnologia da banda larga?

Como saber se seu Speedy é ATM, Megavia, PPPOE ou Capado (NovoSpeedy)  

Guia para reduzir gastos Telefônicos

Economizando Megabytes em sua Banda Larga

"Evolução" dos Pop-ups do Speedy

SEGURANÇA

Crimes na internet? Denuncie

Segurança antes, durante e depois das compras

Acesso a bancos
Uma ótima dica, simples mas muito interessante...

Curso sobre Segurança da Informação

Uso seguro da Internet

Cartilha de Segurança para Internet
Comitê Gestor da Internet

Guia para o Uso Responsável da Internet

Dicas de como comprar
com segurança na internet

Site Internet Segura

Dicas para navegação segura na Web

Proteja seu Micro

DISI,jpg
Cartilha de segurança para redes sociais

Cartilha de segurança para Internet Banking

Cartilhas de Segurança CERT

  1. Segurança na Internet
  2. Golpes na Internet
  3. Ataques na Internet
  4. Códigos Maliciosos (Malware)
  5. SPAM
  6. Outros Riscos
  7. Mecanismos de Segurança
  8. Contas e Senhas
  9. Criptografia
 10. Uso Seguro da Internet
 11. Privacidade
 12. Segurança de Computadores
 13. Segurança de Redes
 14. Segurança em Dispositivos Móveis

Proteja seu PC
Microsoft Security

AÇÃO CIVIL PÚBLICA - MPF
HISTÓRICO
- Processo - Réplica - Quesitos - Decisão

Quer pôr fotos na Web e não sabe como?

Mantenha o Windows atualizado (e mais seguro) !

Tem coisas que só a telecômica faz por você !

Terra

Rodapé


Fale com a ABUSAR | Escreva ao Webmaster | Material de imprensa
Copyright © 2000 - 2009 ABUSAR.ORG. Todos os direitos reservados.
Termos e Condições de Uso
www.abusar.org - www.abusar.org.br

 Search engine technology courtesy FreeFind