GVT oferece banda larga sem necessidade de provedor
INTERNET 24/03/2004 - 16h28

A GVT está oferecendo banda larga de acesso à Internet a seus clientes residenciaissem que seja necessário contratar um provedor de acesso. Trata-se se um sistema de autenticação de usuário que custa R$ 5 por mês, pagos à operadora. "Por ser operadora de telecomunicações autorizada, e não concessionária, a GVT é hoje a primeira no país a prover acesso ADSL fazendo a autenticação do usuário", informa a empresa.

A GVT tem 11 mil clientes de banda larga por meio do Turbonet, disponível nas cidades de Curitiba, Brasília, Porto Alegre, Goiânia, Maringá, Londrina, Florianópolis, Joinville, Cuiabá, Caxias do Sul, Gravataí e Novo Hamburgo.

Globo.com

Isto é que é operadora que respeita o usuário final !!!

Ricardo Sanfelice de Souza

Abranet questiona banda larga sem provedor da GVT

http://worldtelecom.idg.com.br/AdPortalV3/adCmsDocumentoShow.aspx?documento=29857&Area=1

Por Ceila Santos e Daniela Braun, do IDG Now!

A GVT anunciou nesta quarta-feira a oferta de banda larga sem a necessidade do usuário contratar um provedor de acesso à internet. A idéia é oferecer a autenticação ao usuário pelo valor adicional de R$ 5, sendo que esse serviço é oferecido pelos provedores de acesso à internet junto com o conteúdo pelo valor médio de R$ 20.

A oferta assustou o setor dos provedores de acesso à internet, que já enfrentam a concorrência dos braços de internet gratuita das operadoras.  “Isso só fortalece a concentração de poder na mão das teles. Defendemos a concorrência e a oferta de bons preços aos usuários. As teles têm que tomar conta das redes e pararem de dizer que é o provedor que encarece o processo”, afirma Eduardo Parajo, vice-presidente da Abranet.

A questão que se coloca é que a Lei Geral de Telecomunicações tinha o objetivo de separar os serviços de telecomunicações -- oferecido pelas operadoras STFC --  dos serviços de valor adicionado -- oferecido pelos provedores de internet. Entretanto, segundo a própria Anatel, as autorizadas STFC têm o direito de oferecer inclusive a autenticação do usuário.

A operadora se baseia ainda no artigo 5.7, da norma 004, elaborada pelo Ministério das Comunicações em 1997, que regulamenta a relação entre as operadoras e provedores de acesso à internet, que autoriza a operadora a ser provedor.

A GVT declara ter a expectativa de incrementar em 50% a base de 11 mil assinantes do Turbonet com a nova oferta de autenticação. O Turbonet está disponível nas cidades de Curitiba, Brasília, Porto Alegre, Goiânia, Maringá, Londrina, Florianópolis, Joinville, Cuiabá, Caxias do Sul, Gravataí e Novo Hamburgo.

Autor: Ceila Santos
Data: 24/03/2004